domingo, 23 de setembro de 2007

ciclo HITCHCOCK



CLICA NA IMAGEM PARA AUMENTAR

4 comentários:

Anónimo disse...

Felicito a equipa Acesas pelo ciclo de cinema dedicado a Hitchcock, que é uma ambiciosa iniciativa praticamente no arranque do ano lectivo de 2007/08, e também pela exposição "O medo mora ao lado e Hitchcock é meu vizinho" que acompanha este ciclo e que ficou pronta em tão poucos dias. Fica bastante curiosidade para saber que cenas dos próximos filmes irão ser escolhidas para os alunos encenarem na sala-de-estar entre o quarto e a cozinha. Pena é que dê tanto trabalho a montar e desmontar devido ao local (átrio do bloco 3) e aos longos intervalos entre as dez sessões (uma semana, na maior parte dos casos).

No entanto, não posso evitar fazer alguns reparos que devem ser encarados pela Acesas, no máximo, como críticas construtivas:

1) Se bem que se comprenda a intenção de apresentar as dez longas metragens pela correcta ordem cronológica, o filme escolhido para inaugurar o ciclo (Blackmail) não foi certamente uma boa aposta no sentido de motivar o público juvenil da escola para o resto do ciclo. Trata-se de uma película para a qual é necessária alguma paciência por parte do público geral, como o presidente da Acesas frisou antes de desligarem as luzes do auditório, a que não será alheio o facto de ser uma fita monocromática, muda no início (primeiro filme sonoro inglês), em vários aspectos ainda compreensivelmente muito distante das obras-primas do mestre do "suspense" que iriam surgir já na década de 30 e que se prolongariam até ao início de 60 (curiosamente, os anos 40 são quase ignorados neste ciclo, excepção feita para o formidável Rebecca). À saída ouviu-se jovens dizer, ironicamente, "Ai que medo que eu tive...!" Talvez não tivesse sido má ideia começar por exibir uma das grandes obras de Hitchcock na primeira noite (qualquer um dos quatro filmes de Novembro, por exemplo), "para aguçar o apetite", e depois então pegar no Blackmail e seguir até à Intriga em Família sem correr o risco de desvirtuar os objectivos deste ciclo.

2) Em sessões de cineclubes costuma ser considerada falta de respeito pelos espectadores o facto de não se exibir os filmes mesmo até ao fim, ou seja, incluindo a música e o genérico final (todo). Sucedeu esta sexta e também pelo menos mais uma vez no passado (Volver, de Almodóvar), espero que este pormenor possa ser corrigido já no dia 4 de Outubro, não seguindo os conhecidos maus exemplos dados pelas televisões privadas em Portugal neste campo (SIC e TVI).

3) É quase impossível evitar as "gralhas", a brochura indicada não é excepção, e destaco uma referente à biografia da actriz Grace Kelly, que vamos (re)ver na Janela Indiscreta, que parece resultar da consulta que a Acesas terá feito em fontes estrangeiras, provavelmente brasileiras: é afirmado que o filme em que Grace contracenou com Gary Cooper se chamou Matar ou Morrer, mas tenho quase a certeza de que só fizeram um filme juntos, High Noon, cujo título em Portugal foi o famoso O Comboio Apitou Três Vezes.

4) Por último, estas iniciativas culturais são importantes, especialmente tendo em conta que se trata do trabalho produzido por alunos de uma escola secundária, mas a brochura que estava à venda à entrada não parece trazer indicação de data em nenhuma das suas 16 páginas. Daqui a uns anos, quando alguém pegar na brochura, ou mesmo no folheto que reproduz o poster alusivo ao ciclo, não saberá imediatamente que o mesmo teve lugar em 2007.

Evidentemente, apesar destes quatro pontos que foquei, a Acesas continua de parabéns. O vosso trabalho merece ainda mais visibilidade e, para já, é importante uma eficaz divulgação, junto de toda a comunidade escolar, das restantes nove sessões deste ciclo.

0709302220

Anónimo disse...

Antes de mais, o Grupo de Intervenção Cultural ACESAS agradece todo o apoio e todo empenho demonstrado pelo professor ao mostrar-nos aquilo que de bem e mal fazemos. Só com críticas como esta é que o grupo avança para o trabalho com qualidade.

Já dada pessoalmente, aqui fica a resposta ao seu comentário:

1) no que diz respeito à escolha do filme, a forma como iriamos ordenar o ciclo também suscitou esse tipo de dúvidas. Decidimos arriscar para que nos tornássemos o mais correctos possível em relação à coerência da organização do ciclo. Várias propostas alternativas surgiram, embora esta apresentada no seu comentário não tenha sido uma delas. Mas, analisando a posteriori correríamos o risco do público se sentir um pouco desiludido no 2ª filme. Apesar disso e, felizmente, a adesão na segunda sessão foi bastante satisfatória.

2) Quanto ao segundo tópico só podemos pedir desculpa pelo que sucedeu e prometemos que tal não voltará a acontecer. Na segunda sessão o mesmo surgiu mas aí não fora nossa a responsabilidade. A própria estrutura do dvd, encaminha ,após o fim, para o menu, impossibilitando a visualização da ficha técnica.

3) Cabendo essa responsabilidade aos Departamentos de Cinema e de Literatura, os mesmos corrigirão o erro e na próxima impressão do livro será apresentada a versão correcta.

4)Outra falha nossa que corrigiremos em todas as nossas actividades futuras, a começar desde já pela 2ª impressão do livro do ciclo.

O ACESAS agradece uma vez mais a colaboração e as tão importantes críticas dadas pelo professor. Só esperamos é que outros sigam o seu exemplo e nos dêem a sua opinião e as suas críticas para que no futuro façamos um trabalho ainda melhor.

Mais uma vez obrigado.


o Grupo de Intervenção Cultural
ACESAS

Anónimo disse...

Após a conversa com dois dos elementos da Acesas, nomeadamente Faria & Cunhal, verifiquei a minha cópia em dvd do filme em questão (Blackmail) e constatei que é verdade que durante a exibição da fita não foi cortada qualquer parte do genérico final porque este simplesmente não existe. A música que terá surgido logo a seguir ao final do filme pertencia provavelmente ao menu interactivo do dvd usado, tendo sido logo interrompida -- e correctamente -- por quem controlava o leitor de dvd, daí a minha impressão de que teria havido um corte feito indevidamente. Agora apresento eu as minhas desculpas relativamente ao ponto (2) do meu comentário anterior.

0710111110

Anónimo disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,